13 de Agosto de 2012

Um pouco a Norte de Les Halles fica este bairro com um intenso movimento comercial, muito à custa da presença de lojas ligadas à moda. Esta rua não é pedonal, mas as transversais são, e o ambiente é muito semelhante à rua de Santa Catarina no Porto. Estou a falar particularmente da Rue Montorgueil e da Rue Française que dão continuidade à zona pedonal que rodeia Les Halles. Na verdade ficámos admirados com a quantidade de gente que por aqui circula, visto que não é das zonas mais famosas da cidade...

 

 

Viemos aqui ter por outras razões ligadas a pequenos edifícios históricos. Um deles fica exactamente no nº20 da Étienne Marcel e chama-se Tour de Jean Sans Peur. Esta torre fortificada foi erguida pelo duque de Borgonha, mais conhecio por João Sem Medo, que ironicamente, com medo de vingança depois de ter mandado assassinar o seu primo, duque de Orleães, em 1408, mandou construir esta torre junto ao seu palácio. Assim, mudou o seu quarto para o quarto andar, tendo que subir uns 140 degraus, provavelmente todos os dias... O palácio esse, já não existe.

 

 

No cruzamento com a Boulevard de Sébastopol, a Étienne Marcel passa a chamar-se Rue aux Ours, e depois Rue du Grenier Saint-Lazare, mas sempre com o mesma vivacidade do comércio. Na rua paralela a esta, isto é, Rue de Montmorency, fica aquela que é considerada a casa mais antiga da cidade, pois data de 1407. A ser mito, o que é certo é que foi aqui no nº 51 que viveu o alquimista Nicolas Flamel, ou o grande 'criador' da pedra filosofal. Mas parece que no fim de contas foi o edifício que tomou o elixir da imortalidade...

 

publicado por Nuno às 20:47

Para mim será sempre um OVNI pousado junto a Les Halles, para o maior escritor francês Victor Hugo, era um simples boné jockey inglês. À parte de existir poucos edifícios circulares em Paris, o mais interessante é mesmo a cúpula ser tão alta quanto os dois pisos que formam a Bourse du Commerce, deixando curiosos quem percorre os arredores. Vamos lá ver então o que se passa ali dentro... Foi construída no século XVIII no lugar do Hôtel de Soissons, que embora fosse um palácio real, acabou com a função de bolsa de Paris.

 


Dos tempos do antigo palácio, ficou a coluna de Médici de 31 metros de altura. Inicialmente o edifício foi projectado para abrigar a bolsa de cereais, hoje abriga a Câmara do Comércio e Indústria de Paris, que trabalha sob uma fantástica cúpula pintada. Curiosamente, a cúpula era aberta, mas tendo em conta a preservação dos cereais, acabou por ser fechada com vidro. Destaque para a arquitectura literalmente circundante, onde os edifícios, com as suas colunatas acompanham a via circular, muito à semelhança da Place des Victoires.


publicado por Nuno às 15:47

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
Procurar coisas:
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
28
30
31


Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
28
30
31


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
subscrever feeds
blogs SAPO