01 de Julho de 2011

Hôtel de Sens

É um dos poucos edifícios medievais que ainda se mantém belissimamente preservado, como se comprova nas fotos em baixo. Hoje abriga a biblioteca de belas artes, mas foi durante décadas local de residência fortificada de importantes figuras históricas, entre elas a escandalosa Margarida de Valois, ex-mulher de Henrique IV, que mandou degolar um amante ao desconfiar que este iria assassinar o seu amante favorito. Fofoquices...

 

 

 

 

Hôtel de Lamoignon

Um dos maiores palacetes do Marais, que abriga hoje a Biblioteca Histórica da Cidade de Paris. De destacar a decoração das fachadas com motivos clássicos inspirados na paixão da deusa Diana pela caça.

O pátio de entrada encontra-se quase sempre aberto, mas ao contrário das outras mansões, não possui qualquer jardim (terceira e quarta foto em baixo).

 

  

 

 

Hôtel de Coulanges

Belo edifício este do século XIII que serviu de residência secreta dos filhos ilegítimos de Luís XIV. Hoje é a sede da Casa da Europa em Paris, e por isso muitos jovens e estudantes vêm aqui, onde podem desfrutar do magnífico jardim, como se pode ver na segunda e quinta foto em cima.

 

 

  

 

Hôtel Donon

É mais conhecido por Museu Cognacq-Jay, que abriga uma pequena colecção de mobiliário do século XVIII sobretudo. Não visitamos por dentro este pequeno museu. Ficam apenas as fotos do jardim formal aberto ao público pela rua Payenne (as duas da direita).

 

Hôtel de Marle

A segunda foto em cima representa o pátio do Hôtel de Marle, também aberto ao público pela rua Payenne. A bela esplanada faz parte do Institut Suédois que ocupa o pequeno palacete.

 

Hôtel de Sully

(primeiro post sobre o Marais - clicar aqui)

publicado por Nuno às 19:51

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme
Procurar coisas:
 
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15
16

17
18
19
20
22
23

25
26
27
28
29
30

31


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
blogs SAPO