21 de Novembro de 2011

E porque as igrejas são autênticos monumentos em Paris, não dá para deixar de falar delas, mesmo num local tão festivo que vive à sombra da catedral de Notre Dame, que se eleva no outro lado do Sena. 

 

St-Julien-le-Pauvre

É uma das mais antigas igrejas da cidade. O ínicio da sua construção data de 1165. Apesar de muito pequena, realizaram-se aqui as reuniões oficiais da Sorbonne, até ao protesto estudantil de 1524, que deixou o edifício no estado lastimável que está hoje. Após a Revolução chegou a ser usada como armazém de ferragens. Na verdade achámos bem mais interessante o simpático jardim que rodeia a igreja, com boas vistas para a Île de la Cité e alguns bocados de ruínas, que suponho, sejam da antiga igreja.

 

 

St-Séverin

Esta igreja quase passa despercebida, na medida em que está completamente entalada pela densa edificação do Quartier Latin. Dizem que é o espoente máximo do chamada gótico flamejante. Demorou 3 séculos a ser construída, e o seu nome deve-se a um eremita que conseguiu convencer um neto do rei Clóvis a converter-se no Cristianismo. No interior destaca-se a galeria dupla com uns belos e abstractos vitrais. De reparar também nas colunas que estão completamente torcidas, inspiração do Manuelino português?


publicado por Nuno às 15:38

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
Procurar coisas:
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29


Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
blogs SAPO