04 de Dezembro de 2011

Bem junto a Porte Dorée, uma das entradas na cidade que partilha a fronteira com o Bois de Vincennes, fica um curioso 'palais' Art Déco da década de 30, construído no âmbito duma Exposição Colonial. Com a temática do colonialismo francês, presente em tudo quanto é lado, desde os altos relevos na fachada, às pinturas do interior, o edifício tornou-se por si só uma pérola da arquitectura. Na verdade, desde sempre o Palais de la Porte Dorée conteve exposições relacionadas com a cultura de outros países. Em 2003, com a construção do fantástico museu de Quai Branly (perto da Torre Eiffel), o museu Nacional das Artes de África e da Oceânia teve de se transferir, mas ficou outro museu inaugurado por Jacques Chirac, totalmente dedicado à imigração.

 

 

Para meros turistas, o museu vale apenas pela sua componente abstracta e descomplexada com que relaciona os objectos mais banais das diversas nacionalidades com forte presença em França. Para nós, que temos muitos familiares emigrantes, o museu diz-nos um pouco mais. Ora, se os portugueses são uma das 4 nacionalidades com essa maior presença, não é difícil distinguir os objectos que 'nos pertencem', como se pode ver em algumas das fotos... Mas diversos temas são aqui retratados, como o preconceito, o sacrifício e a saudade. Bem interessante...

A quem isto pouco interesse, o edifício possui outras secções, como um aquário tropical com... ...crocodilos.


publicado por Nuno às 23:34

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme
Procurar coisas:
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
24

25
26
27
28
29
31


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
blogs SAPO