15 de Maio de 2012

É muito alta, tem uma fachada invulgar, situa-se na intersecção de 2 avenidas muito movimentadas, e é próxima da grande Gare Saint-Lazare, mas incrivelmente é das igrejas menos populares de Paris... Foi a descer a Boulevard Malesherbes que demos com as traseiras desta igreja, e impressionados com os altos torreões que rodeiam a cúpula decidimos entrar. É uma igreja diferente do habitual, pois a sua inovadora estrutura em ferro permitiu espaços mais amplos, paredes finas, e muito espaço para colocar elementos decorativos...

 

 

A igreja é na verdade mais recente do que parece por fora. Data de 1871, e é motivada por uma vontade de ter edifícios marcantes nas praças dos novos cruzamentos projectados por Haussmann. Precisamente a Place St-Augustin é atravessada pela Boulevard com o nome deste prefeito parisiense, mais conhecido como o 'artista demolidor'. E por falar em artistas, o arquitecto desta magnífica igreja é Victor Baltard, que além de trabalhar no restauro de inúmeras igrejas, é o autor do antigo mercado de Les Halles, substítuido pelo edifício mais horroroso da cidade.

 

 

O interior de Saint-Augustin é original e fantástico, pela leveza da estrutura e consequente iluminação que faz destacar os dourados, trazidos por Baltard da cultura bizantina. A riqueza decorativa é simbólica, no sentido em que jazem aqui os príncipes da família imperial. Saímos deste ambiente pela fachada principal, tão imponente quanto bizarra, dada a sua 'magreza'. À nossa frente o barulhento movimento de automóveis quase faz a estátua em bronze de Joana d'Arc passar despercebida. Destaque para o belo edifício à esquerda da praça, sede do clube dos oficiais franceses.

 

publicado por Nuno às 15:22

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme
Procurar coisas:
 
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
30
31


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
blogs SAPO