08 de Outubro de 2012

Finalmente experimentámos o aluguer de bicicletas Vélib' sem o passe mensal da Navigo, isto é, experimentámos como verdadeiros turistas, para saber realmente se o sistema é tão complexo como dizem para quem visita Paris por pouco tempo. Neste artigo já tinha falado das Vélib', mas desta vez tenho argumentos para dizer que pode valer bem a pena, com apenas alguns cuidados.

De 300 em 300 metros existe, dentro dos limites da cidade, um posto com espaço para cerca de 30 bicicletas, e um computador correspondente, que torna o aluger completamente automatizado. Encontrar estes postos não é tão fácil quanto parece, pois eles não estão nas praças nem avenidas principais, mas sim nas suas transversais. Ora, numa praça tão grande como a Étoile por exemplo, pode-se perder bastante tempo a procurar entre as 12 avenidas que ali confluem. Por essa razão, os postos de turismo têm mapas de postos Vélib' gratuitos, basta pedir... Encontrando um, é só seguir as instruções. Vamos supor um aluguer mínimo de 24 horas:

 

 

- O computador dos postos não tem a opção de ler em português; perceber as opções é fácil, perceber os regulamentos pode ser mais confuso.

- Sem carregar em nada, o ecrã apresenta 3 opções, há que escolher a opção 2 (s'abonner) e escolher a tarifa de curta duração de 1 dia.

- A partir daí um grande conjunto de etapas serão apresentadas; é tudo uma burocracia para garantir que se decore um código pessoal, se aceite os termos legais, e se forneça os dados do cartão multibanco.

- Os dados do cartão multibanco são a única forma de fazer o pagamento de 1€70 (o mesmo que um bilhete de metro normal), e obrigam a fazer uma pré-autorização bancária de 150 euros. Estes 150 euros constituem uma garantia, e só são debitados do cartão caso a bicicleta não seja validada pelo posto no acto de entrega.

- Respeitando todos estes passos, o computador fornece um bilhete com um código de 8 algarismos.

 

 

- Obtendo esse bilhete, basta voltar ao ecrã inicial, escolher a opção 1, e marcar os 2 códigos (o pessoal e o do bilhete); isso abre a conta do aluguer, onde existem diversas opções, entre elas activar uma bicicleta do posto à escolha, e ver a localização dos postos mais próximos.

- Activando uma das bicicletas disponíveis, inicia-se assim o período de 24 horas disponibilizado.

- 1€70 é na verdade o preço do bilhete, e existe uma pequena taxa adicional para cada hora que se ande de bicicleta. Todos esses valores serão automaticamente debitados da conta bancária sem qualquer aviso...

- Mas há um truque para não ter de pagar taxas. Visto que a primeira meia-hora é gratuita, basta ir trocando de bicicleta de meia em meia-hora. Essa troca implica encontrar postos ao fim de 28 minutos, entregar a bicicleta validando a entrega no computador, e depois, para voltar a alugar, há que fazer outra vez todo o processo de activar a bicicleta. Com o hábito, o processo vai-se tornando simples e rápido.

- Em resumo, é possível andar 24 horas de Vélib' gastando apenas 1€70.

 

 

E os 150 euros?!

- Aqui é que a "porca torce o rabo". Centenas de processos judiciais estão em marcha contra a empresa JCDecaux, por alegadamente terem retirado os 150 euros a pessoas que tinham entregue a bicicleta, e sem estar danificada.

- Quando se entrega uma bicicleta num posto, um conjunto de 'bips' será ouvido, e uma luz verde acendida significando que a bicicleta foi entregue em bom estado. Para evitar que a validação corra mal, convém que, antes de activar uma bicicleta, se proceda a uma olhadela às bicicletas disponíveis, de forma a ver o estado delas, pois se activar uma que não tenha um pedal, arrisca-se a que, quando a trocar, lhe sejam retirados os 150 euros...

- A pré-autorização bancária, significa que só se pode alugar uma bicicleta se se tiver 151€70 na conta, mas para alguns bancos, isso significa que durante as 24 horas de aluguer, é retirado esse valor ao saldo disponível, o que pode causar grande sustos...

- Nunca nos aconteceu encontrar postos completos ou vazios para fazer a troca, mas como isso pode acontecer, aconselho a iniciar a procura por postos 5 minutos antes da meia-hora, de forma a poder encontrar outro posto, ou esperar que alguém chegue para alugar ou entregar uma Vélib'.

 

(fotos retiradas da web)

publicado por Nuno às 19:56

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme
Procurar coisas:
 
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
blogs SAPO