08 de Março de 2013

Provavelmente o arrondissement que tem mais significado para nós. Podemos dizer que esta experiência Erasmus começou aqui, mais precisamente a Sul de Montmartre. O primeiro dia, sobretudo, foi passado nos jardins e nas ruas inclinadas do Quartier Rochechouart. Mas a importância do 9º arrondissement é outra, e resume-se essencialmente aos arredores da Ópera Garnier. Os restantes bairros são residenciais, mas para muito boa gente este troço da Boulevard Haussmann é a zona mais central da Rive Droite (margem Norte do rio Sena). É nesta avenida que se encontram diversas empresas ligadas a viagens, como a Air Europa.

 

 

Quartier Saint-Georges

Montmartre - dia 2 (metro Pigalle/linha 2 e 12)

Place d'Estienne d'Orves (metro Trinité - d'Estienne d'Orves/linha 12)

 

Quartier Rochechouart

Place d'Anvers e arredores (metro Anvers/linha 2)

 

Quartier de la Chaussée d'Antin

Opéra Garnier (metro Opéra/linha 3, 7 e 8)

Arredores da Opéra Garnier (metro Opéra/linha 3, 7 e 8)

Galeries Lafayette e Printemps (metro Havre - Caumartin/linha 3 e 9)

Terraço das Galeries Lafayette (metro Havre - Caumartin/linha 3 e 9)

 

Quartier du Faubourg Montmartre

Museu Grévin (metro Richelieu - Drouot/linha 8 e 9)

Passages Jouffroy e Verdeau (metro Grands Boulevards/linha 8 e 9)

publicado por Nuno às 14:43

01 de Março de 2013

Para o bem e para o mal trata-se de uma região mal afamada entre os turistas, sobretudo o Oeste. Se é certo que em determinadas zonas o 10º arrondissement mais parece uma vila dos subúrbios com forte componente exótica, historicamente é muito associado à classe operária, provavelmente devido às funções do recentemente revitalizado Canal Saint-Martin. Este arrondissement é mais conhecido pela localização muito próxima de duas grande estações ferroviárias: a Gare du Nord e a Gare de l'Est.

 

 

Quartier Saint-Vincent-de-Paul

Gare du Nord (metro Gare du Nord/linha 4 e 5)

Gare de l'Est (metro Gare de l'Est/linha 4, 5 e 7)

 

Quartier de l'Hôpital Saint-Louis

Canal Saint-Martin - parte 1 (metro Jaurès/linha 2, 5 e 7bis)

Hospital Saint-Louis (metro Goncourt/linha 11)

 

Quartier de la Porte Saint-Denis

Porte Saint-Denis (metro Strasbourg - Saint-Denis/linha 4, 8 e 9)

 

Quartier de la Porte Saint-Martin

Canal Saint-Martin - parte 2 (metro Goncourt/linha 11)

Porte Saint-Martin (metro Strasbourg - Saint-Denis/linha 4, 8 e 9)

Place de la République (metro République/linha 3, 5, 8, 9 e 11)

publicado por Nuno às 00:09

27 de Fevereiro de 2013

É tempo de fazer uma pausa na espiral de arrondissements que formam a cidade de Paris. Quer a área metropolitana parisiense quer toda a região de Île-de-France possuem um património sem igual, que pode ser disfrutado diariamente por mais de 11 milhões de pessoas. Temos noção que não visitámos metade do que esta região tem, mas há simplesmente locais que apesar de não estarem para cá da Boulevard Périphérique, serão sempre associados às maiores atracções de Paris. Aí vai a lista possível...

 


 

Seine-Saint-Denis (departamento 93)

Saint-Denis (metro Basilique de Saint-Denis/linha 13)

Basilique de Saint-Denis (metro Basilique de Saint-Denis/linha 13)

Stade de France (metro Saint-Denis - Porte de Paris/linha 13)

Université Paris 8 (metro Saint-Denis - Université/linha 13)

 

Val-de-Marne (departamento 94)

Bois e Château de Vincennes (metro Château de Vincennes/linha 1)

 

Hauts-de-Seine (departamento 92)

La Défense (metro La Défense/linha 1)

De Neuilly a La Défense (metro Pont de Neully/linha 1)

Arte Urbana (metro La Défense/linha 1)

 

Seine-et-Marne (departamento 77)

Disneyland Paris (RER Marne-la-Vallée - Chessy/linha A)

Noisiel (RER Noisiel/linha A)

Université Paris-Est Marne-la-Vallée (RER Noisy-le-Grand/linha A)

Aeroporto Charles de Gaulle (RER Aéroport Charles de Gaulle 1 e 2/linha B)

 

Essone (departamento 91)

Aeroporto de Orly (RER Pont de Rugis - Aéroport d'Orly/linha C)

 

Yvelines (departamento 78)

Versailles - dia 1 (RER Versailles - Chantiers/linha C)

Versailles - dia 2 (RER Versailles - Chantiers/linha C)

 

Oise (departamento 60 - a Norte de Val d'Oise)

Parc Astérix (transfer em RER Aéroport Charles de Gaulle 1/linha B)

Aeroporto de Beauvais (transfer em metro Porte Maillot/linha 1)

publicado por Nuno às 17:51

18 de Fevereiro de 2013

Incrivelmente é um dos bairros mais densamente habitados no mundo. Mas é também dos menos populares entre os estrangeiros. Com apenas um parque verde e um par de grandes avenidas, a pouca largura das ruas ajuda a perceber essa marca populacional. Das poucas vezes que aqui viemos foi pela fama da animação nocturna, nomeadamente para assistir a um concerto no Nouveau Casino. Numa cidade com pouca fama de bares nocturnos, é nestas ruas estreitas que se amontoam os parisienses, mantendo o ambiente festivo que durante o dia caracteriza a praça da Bastilha.

 

 

Quartier de la Folie-Méricourt

Boulevard du Temple (metro Filles du Calvaire/linha 8)

 

Quartier Saint-Ambroise

Boulevard des Filles-du-Calvaire (metro Saint-Sébastien - Froissart/linha 8)

 

Quartier de la Roquette

Boulevard Beaumarchais (metro Chemin Vert/linha 8)

publicado por Nuno às 20:55

Provavelmente foi aqui que mais se deu grandes transformações nos últimos anos, sobretudo no que toca ao quarteirão de Bercy. É aqui que em torno de um parque multifuncional, se construiu grandes obras modernas como o Ministério das Finanças ou o Palais Omnisports. Caminhando para Norte começa-se a notar a cidade mais tradicional, que atinge o seu esplendor com a histórica Praça da Bastilha. Não contando com o Bois de Vincennes, este arrondissement tem outro parque único, a fantástica Promenade Plantée, na qual se inspirou o High Line de Nova Iorque.

 

 

Quartier des Quinze-Vingts

Place de la Bastille (metro Bastille/linha 1, 5 e 8)

Promenade Plantée (metro Gare de Lyon/linha 1 e 14)

Gare de Lyon (metro Gare de Lyon/linha 1 e 14)

Marché d'Aligre (metro Ledru-Rollin/linha 8)

 

Quartier de Bel-Air

Cité Nationale de l'Histoire de l'Immigration (metro Porte Dorée/linha 8)

Foire du Trône (metro Porte Dorée/linha 8)

 

Quartier de Bercy

Parc de Bercy (metro Bercy/linha 6 e 14)

Os edifícios de Bercy (metro Bercy/linha 6 e 14)

publicado por Nuno às 20:54

12 de Fevereiro de 2013

Arrondissement fascinante, pelo menos para mim, que acabei por escrever vários artigos sobre ele. É uma mistura de bairros modernos com recantos rurais, mistura essa ora bem-conseguida, ora polémica. O centro desta zona é a Place d'Italie e aqui é possível ter noção desses paradoxos. De um lado as torres ao estilo Le Corbusier que se alinham desde Olympiades, do outro bairros pitorescos de renome como Butte-aux-Cailles. Já junto ao Sena, está a ser concluído o bairro mais futurista da cidade.

 

 

Quartier de Croulebarbe

Manufacture des Gobelins (metro Place d'Italie/linha 5, 6 e 7)

 

Quartier de la Salpêtrière

Groupe Hospitalier Pitié-Salpêtrière (metro Saint-Marcel/linha 5)

Gare d'Austerlitz (metro Gare d'Austerlitz/linha 5 e 10)

 

Quartier de la Maison Blanche

Butte-aux-Cailles - parte 1 (metro Place d'Italie/linha 5, 6 e 7)

Butte-aux-Cailles - parte 2 (metro Place d'Italie/linha 5, 6 e 7)

Butte-aux-Cailles - parte 3 (metro Place d'Italie/linha 5, 6 e 7)

Arte Urbana (metro Place d'Italie/linha 5, 6 e 7)

 

Quartier de la Gare

13º Arrondissement - dia 1 (metro Biliothèque François Mitterrand/linha 14)

13º arrondissement - dia 2 (metro Porte d'Ivry/linha 7)

Bibliothèque Nationale de France (metro Biliothèque François Mitterrand/linha 14)

Rua René Goscinny (metro Biliothèque François Mitterrand/linha 14)

publicado por Nuno às 11:31

Trata-se de um arrondissement essencialmente marcado por 3 sítios: grande parte do bairro de Montparnasse, a Place Denfert-Rochereau e a Cité Universitaire. Todos locais de grande movimento diário, mesmo com uma ausência significativa de turistas.  É um quarteirão denso, bastante residencial e empregador. Entre outras empresas, fica aqui a sede da companhia que gere os aeroportos de Paris, de onde partem os voos baratos para a Europa. Os oásis perante tantos edifícios, acabam por ser o Parc Montsouris e o cemitério de Montparnasse.

 

 

Quartier du Montparnasse

Montparnasse - zona Este (metro Raspail/linha 4 e 6)

Cimitière du Montparnasse (metro Edgar Quinet/linha 6)

Les Catacombes (metro Denfert-Rochereau/linha 4 e 6)

 

Quartier de Plaisance

Igreja Notre-Dame du Travail (metro Pernety/linha 13)

Marché de la Porte de Vanves (metro Porte-de-Vanves/linha 13)

 

Quartier du Parc de Montsouris

Parc Montsouris (RER Cité Universitaire/linha B)

Cité Universitaire e o Sul de Paris (RER Cité Universitaire/linha B)

publicado por Nuno às 11:31

04 de Fevereiro de 2013

Talvez o maior arrondissement, mas com toda a certeza o mais populoso. Um dos motivos é o presença de variadas torres, desde a Tour Montparnasse ao estranho bairro de Front de Seine, que por sua vez possui vistas magníficas sobre a Île aux Cygnes. A zona Sul merece destaque pelos mais recentes trabalhos de revitalização, que têm conciliado o grande tecido empresarial com parques verdes. Um dos símbolos dessa transformação é a sequência de modernas Boulevards que limitam a cidade, pelas quais a linha 3 do Tramway conecta entre outros locais o Parque de Exposições de Porte de Versailles.

 

 

Quartier de Grenelle

Village Suisse (metro La Motte-Picquet-Grenelle/linha 6, 8 e 10)

Île aux Cygnes (metro Bir-Hakeim/linha 6)

 

Quartier Necker

Montparnasse - zona Oeste (metro Montparnasse Bienvenue/linha 4, 6, 12 e 13)

Tour Montparnasse (metro Montparnasse Bienvenue/linha 4, 6, 12 e 13)

Musée Bourdelle (metro Montparnasse Bienvenue/linha 4, 6, 12 e 13)

Institut Pasteur (metro Pasteur/linha 6 e 12)

Gare Montparnasse (metro Montparnasse Bienvenue/linha 4, 6, 12 e 13)

 

Quartier de Javel

Parc André Citroën (RER Pont du Garigliano/linha C)

publicado por Nuno às 21:05

A seguir a Montmartre, é a zona quase-periférica de excelência. Entalada entre o rio Sena e o Bois de Boulogne, ainda é limitada a Norte pelo Axe Historique, onde chegam os 'transfers' dos voos lowcost para Paris. É provavelmente o maior arrondissement, mas ainda assim é pouco variado na sua identidade, pois todo ele possui a maior concentração de museus da cidade, e todo ele apresenta uma arquitectura e instituições direccionadas para a classe alta. Isso é evidenciado mais a nível artístico em Auteuil, e mais a nível diplomático em Chaillot.

 

 

Quartier de la Porte Dauphine

Porte Maillot (metro Porte Maillot/linha 1)

Embaixada de Portugal (RER Avenue Foch/linha C)

 

Quartier de Chaillot

Marché President Wilson (metro Alma-Marceau/linha 9)

Avenue de la Grande Armée (metro Argentine/linha 1)

Avenue du Président Wilson (metro Iéna/linha 9)

Palais de Tokyo (metro Iéna/linha 9)

Palais de Chaillot (metro Trocadéro/linha 6 e 9)

Trocadéro (metro Trocadéro/linha 6 e 9)

 

Quartier d'Auteuil

Auteuil - parte 1 (metro Chardon-Lagache/linha 10)

Auteuil - parte 2 (metro Michel-Ange-Auteuil/linha 9 e 10)

Auteuil - parte 3 (metro Jasmin/linha 9)

 

publicado por Nuno às 21:05

30 de Janeiro de 2013

Pouco há a dizer deste arrondissement que sofreu intensos processos de gentrificação. É por isso uma zona essencialmente residencial e onde a classe alta faz questão de manter a tranquilidade a todo o custo. É também uma área grande, que consegue ir desde o Arco do Triunfo a Montmartre. O seu limite inferior é particularmente marcante para nós, já que constitui o caminho que tivemos de percorrer a pé na noite em que chegámos.

 

 

Quartier des Ternes

Mercado na rua Poncelet (metro Ternes/linha 2)

 

Quartier des Batignolles

Mercado na rua de Lévis (metro Villiers/linha 2 e 3)

publicado por Nuno às 14:59

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme
Procurar coisas:
 
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


Temperaturas por estes lados:
Weather in Paris
subscrever feeds
blogs SAPO