06 de Junho de 2011

Raramente entro num cemitiério. E na verdade, nem é muito normal ir a um sem ser para prestar luto. Em Paris isto não se aplica lá muito. O problema nem está no facto de pelo menos 4 cemitérios em Paris (mais as catacumbas) estarem em todos os guias turísticos da cidade; o que se passa é que estes cemitérios são autênticos jardins públicos, organizados por ruas e 'arrondissements' aqui chamados de 'divisões'.

Napoleão mandou construir este para descongestionar os pequenos cemitérios que existiam dentro das antigas muralhas da cidade. Depressa se tornou o local de repouso para muitos ilustres, nomeadamente o poeta Baudelaire e Jean-Paul Sartre. Este último partilha o túmulo com a sua Simone de Beauvoir, e tal como o que acontece com o túmulo de Jim Morrison, os admiradores fazem autênticas peregrinações, deixando aqui bilhetes de metro com dedicatórias. Os dois principais símbolos do recinto são a escultura central do Anjo do Sono Eterno da autoria de Daillion (primeira foto), e um moinho do século XII que ficou do antigo terreno.

Tudo o resto são túmulos de beleza indescritível. Os mortos que me perdoem, mas tenho mesmo de mostrar estas fotos...

 

DSC04366-w307-h230.JPG DSC03623-w307-h230.JPG
DSC03624-w307-h230.JPG DSC03626-w307-h230.JPG DSC03621-w307-h230.JPG
DSC03627-w307-h230.JPG DSC03629-w307-h230.JPG
DSC03628-w307-h230.JPG DSC03633-w307-h230.JPG DSC04374-w307-h230.JPG
DSC03636-w307-h230.JPG DSC03637-w307-h230.JPG DSC04363-w307-h230.JPG
DSC04361-w307-h230.JPG DSC04362-w307-h230.JPG
DSC03622-w307-h230.JPG DSC04364-w307-h230.JPG
DSC04365-w307-h230.JPG DSC04369-w307-h230.JPG DSC04370-w307-h230.JPG
DSC04372-w307-h230.JPG DSC04373-w307-h230.JPG DSC04378-w307-h230.JPGDSC04379-w307-h230.JPG DSC04368-w307-h230.JPG

publicado por Nuno às 19:29

Montparnasse, para muitos, é a Montmartre da margem Sul do rio Sena. Outrora um local sagrado dedicado a Apolo, deus da poesia, da música e da beleza, o monte Parnasso passou a fazer jus a estes atributos, e em inícios do século XX, era um importante centro artístico de Paris. Bares, ateliers, teatros e cabarets alimentavam a vida boémia que competia com Montmartre na outra ponta da cidade... Hoje, o antigo e o moderno dão as mãos, e descaracterizam esta zona entalada no 14º arrondissement.

Montparnasse é uma vasta área, que rodeia um dos maiores e mais importantes cemitérios da cidade. Este foi o primeiro dia dedicado a explorar as imensas e ricas avenidas que partem da praça Denfert Rochereau e vão até à Gare Montparnasse.

 

DSC03599-w307-h230.JPG DSC03603-w307-h230.JPG DSC03610-w307-h230.JPG
DSC03607-w307-h230.JPG DSC03609-w307-h230.JPG

 

Começando de Sudeste, demos um salto ao Observatoire de Paris (ver fotos em cima). Foi Luís XIV - quem mais poderia ser? - que mandou construir um observatório nacional para pôr termo aos pedidos de cientistas e astrónomos franceses. Foi aqui que em 1672 se descobriu a dimensão exacta do sistema solar, e em 1846 descobriu-se... ...Neptuno!

Voltando à Boulevard Raspail, passámos pela Fondation Cartier. Este centro dedicado à arte contemporânea tem uma importância acrescida devido aos seus elementos arquitectónicos interessantes! O edifício principal encontra-se 'protegido' por um enorme muro em vidro que mantém a continuidade das fachadas dos prédios adjacentes; dentro da muralha tudo pode acontecer, ou não estivéssemos nós a falar de arte contemporânea...


DSC03612-w307-h230.JPG DSC03613-w307-h230.JPG DSC03614-w307-h230.JPG
DSC03615-w307-h230.JPG DSC03617-w307-h230.JPG DSC03618-w307-h230.JPG

Chegámos então à Boulevard Edgar Quinet, onde se situam os dois mais importantes lugares de Montparnasse: o cemitério e aquele que já foi o segundo maior arranha-céus de França, ambos com o nome da zona.

Após uma visita ao cemitério, partimos para Norte, em direcção ao Jardin du Luxembourg, para apreciar a arquitectura, tão variada e icónica, que consegue, tal como na Fondation Cartier, conjugar da melhor forma o moderno com o antigo, algo que não teve os melhores resultados no vizinho 13º arrondissement. Outro bom exemplo é a escola de hotelaria Gillaume Tirel.

DSC03619-w307-h230.JPG DSC03639-w307-h230.JPG
DSC03640-w307-h230.JPG DSC03642-w307-h230.JPG

 

Precisamente junto a esta escola, e partindo de Raspail, existe uma rua artisticamente histórica. A Rue Campagne-Première tem grandes exemplos Art Deco, como os estúdios onde trabalharam e viveram Miró, Picasso ou Kandinsky. A rua termina na Boulevard Montparnasse, a mais importante e mais central avenida do 14º arrondissement. Populares cafés e restaurantes como La Coupole ou La Closerie des Lilas ficam aqui. Este último, devidamente abrigado por canteiros, é provavelmente dos mais exclusivos da cidade; Leline, Trotsky, Hemingway ou Scott Fitzgerald eram clientes assíduos.


DSC03644-w307-h230.JPG DSC03646-w307-h230.JPG
DSC03650-w307-h230.JPG DSC03649-w307-h230.JPG

DSC03667-w307-h230.JPG DSC03660-w307-h230.JPG

Antes de voltarmos à Avenue de l'Observatoire, que vai ter ao Luxembourg, um destaque para as esculturas que por aqui têm lugar. Nas fotos em baixo podemos ver, por ordem: a estátua do Marechal Ney, a escultura na Fontaine de l'Observatoire com 4 figuras femininas representando 4 continentes e suportadas por cavalos e golfinhos, o monumento dedicado ao médico Tarnier, conhecido sobretudo na área dos cuidados aos bebés prematuros, e por fim a escultura do artista Balzac da autoria de Rodin.

DSC03652-w307-h230.JPG DSC03653-w307-h230.JPG DSC03657-w307-h230.JPG
DSC03656-w307-h230.JPG DSC03665-w307-h230.JPG DSC03658-w307-h230.JPG

 

Conhecer a zona Oeste de Montparnasse fica para outro dia.

Ficam então mais pormenores dos prédios nos arredores da Avenue de l'Observatoire.


DSC03659-w307-h230.JPG DSC03662-w307-h230.JPG
DSC03661-w307-h230.JPG 

publicado por Nuno às 18:00

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
Procurar coisas:
 
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO