19 de Março de 2012

Muito perto da École Militaire, a Sul dos Champs de Mars, existe um quarteirão paradoxal, uma espécie de cidade dentro de uma grande cidade, é a Village Suisse. Foi construída no âmbito da Exposição Universal de 1900 que teve lugar nos Campos, pelo então governo suíço. Eu que até conheço bem esse país acabei por não entender muito bem a intenção de recriar uma aldeia suíça, já que os prédios que formam esse quarteirão nada têm a ver com as típicas habitações helvéticas... De qualquer das formas ficam as belas referências dos jardins interiores a cidades como Genebra, Zurique ou Lausane.

 

 

 

De facto este tipo de edifícios não parece ficar nada bem no meio dos típicos quarteirões parisienses, ainda por cima no centro da cidade, mas são os jardins que merecem uma visita pelo seu encanto. Encanto este sustentado pelas magníficas estátuas, candeeiros e grandes canteiros...

Ao contrário do que se possa pensar, a Village Suisse não se tornou numa espécie de China Town. A comunidade suíça até pode ter aqui grande presença, mas este quarteirão acabou por ficar muito famoso devido às suas lojas, que formam um autêntico mercado antiquário de luxo. Neste dia, as lojas estavam fechadas, mas das montras podia-se observar peças de grande valor artístico e não só...



publicado por Nuno às 19:27

Paris não é a capital da bicicleta, mas não fica muito longe disso. O facto de ser relativamente plana e ter uma boa rede de avenidas muito largas, foi um incentivo para que o município apostasse em ciclovias de qualidade, mas já lá vamos. Hoje a bicicleta é para os parisienses uma boa alternativa de transporte quotidiano, e o ambiente agradece. Mas em 2007 o município foi mais longe e criou um inovador sistema de aluguer de bicicletas que está a ter bastante sucesso, o Vélib!

 

 

O Vélib é um sistema semelhante às Bugas (na cidade de Aveiro), mas com a diferença de operar de forma completamente electrónica, e ter um posto de aluguer de 300 em 300 metros. O método é simples, chegar ao posto electrónico, comprar um passe com cartão multibanco (o preço varia conforme a validade do passe), e escolher uma bicicleta ao dispor. A primeira meia-hora é gratuita, se passar esse limite, uma taxa será aplicada ao passe. O que muita gente faz é ir trocando de bicicleta nos postos de 30 em 30 minutos, e assim só paga o passe. Para quem faz uma viagem a Paris durante poucos dias, esta é a forma mais lowcost, completa e lúdica de conhecer Paris...


 

Actualmente o sistema conta com 20 mil bicicletas modernas, todas com faróis e 3 mudanças. Quer o site (http://en.velib.paris.fr/), quer o posto electrónico, possuem mapas detalhados com as estações mais próximas e a rede de ciclovias. Um factor importante e curioso, é que apesar de Paris ser uma cidade relativamente plana, subir Montmartre de bicicleta não é fácil, assim quando se deposita a Vélib nos locais mais altos, o período grátis sobe para 45 minutos! Como disse, as ciclovias são uma maravilha, bem sinalizadas e respeitadas. Descer as avenidas é imaginar andar num avião da TAP no meio dos Champs Elysées, e sentir o vento e as folhas na cara. Mas em muitos locais elas são partilhadas com a faixa BUS, portanto cuidado...

 

 

Ver rede da Vélib aqui.

 

Vantagens:

- O transporte mais barato, tendo em conta que o passe de 1 dia custa 1€70.

- Ampla rede de ciclovias.

- A melhor forma de sentir Paris enquanto se viaja (incomparável com os autocarros turísticos!)

- O ambiente agradece...

 

Desvantagens:

- Para iniciantes o sistema de aluguer pode ser bem confuso.

- O sistema de troca de 30 em 30 minutos pode não ser viável...

- Ciclovias relativamente seguras, mas grande parte é partilhada com o Bus.

- O previsível desequilíbrio da capacidade dos postos: se alguns podem não ter bicicletas para alugar, outros estão cheios para o depósito.

 

publicado por Nuno às 15:59

Estudantes do Institut Français d'Urbanisme

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
Procurar coisas:
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


subscrever feeds
blogs SAPO